sábado, 18 de agosto de 2012

Portinho da Gala - O Puto Pescador de Tainha...

Foi na semana passada,eram umas três horas da tarde de intenso calor,já o estava a observar, acerca de meia hora,tentando em vão apanhar as tainhas que nadavam à superfície da água entre os barcos ali atracados.
Tanto ficava por largos minutos sossegado,sempre com os olhos "pegados" na água,como repentinamente se movimentava com uma agilidade incrível  e posições acrobáticas.
Uma cana,e um saco de rede era o seu apetrecho de pesca.
Às vezes exclamava em jeito de desabafo - "Cabrona" que já me fugistes outra vez,deixa estar que eu já te lixo!
Aproximei-me e fui falar com este grande pescador de oito anitos e perguntei?
- Então já apanhaste alguma coisa rapaz?
Resposta imediata - Oh! Só dois caranguejos! Hoje não está a dar nada!
Afastei-me lentamente,fascinado,com a agilidade e as respostas curtas e rápidas do puto pescador...de um dia quente de verão no Portinho da Gala.
 



O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...