sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Caminhando para casa...

No caminho para casa,repetidamente ao longo dos anos...
Durante a semana depois do trabalho,no fim de semana,todos os dias o mesmo percurso
Percorro algumas ruas a pé até lá chegar...
Ao passar olho algumas casas ,que sempre olhei, desde que me lembro de existir...
Outras casas mais recentes,também despertam a minha atenção.
Encontro pessoas,do meu outro tempo,com o seu sorriso familiar antigo...
Também outras gentes,que chegaram mais tarde,de outros lugares e por aqui ficaram.
Ao longo dos anos o meu caminho,continua a ser quase sempre o mesmo.
Hoje existem outros caminhos...
No entanto há sentimentos,que não se explicam,fazem parte de nós.
Sou como uma árvore envelhecida,mas que teima em ficar...
Hábitos,raízes profundas de uma vida,de um passado de um lugar,que é só nosso,e a quem pertencemos.
No caminho para casa,fiquei feliz ao lá chegar...

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...