sábado, 14 de abril de 2012

Âncora,levantar âncora,partir...

Amo o meu País,a minha terra,o meu lugar.
Cada rua,caminho por onde passo,tem uma estória que me pertence.
Em dias de solidão,ganho alento passeando e olhando por aí...
Nunca me canso de passar outra vez por esses lugares que fazem parte de mim.
Hoje,sinto que estou quase a partir ,vou deixar o meu princípio de vida, grande parte dela.
Milhares já partiram e outros partirão...
Lugares abandonados,forçados a desistir.
Corações rasgados na hora da despedida...
Amo o meu País,que nada me oferece e esquece...
Realidade dura que não muda, e vai piorando...
Mostrando cada dia que passa, realidades insuportáveis de sofrimento do povo desta terra,deste País.

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...