sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Pensamentos finais de uma tarde junto ao mar...

Contrastes de um dia amortecido pelo outono, e o fulgor do verão dos meses de julho e agosto.
Por detrás de mim a  atrapalhação das ondas do mar,do vento e da chuva que teima em ficar...
Dezembro de tantos anos, que envelheceram alguma existência deste lugar...
Persisto em continuar,olhando a velha nova "cidade da estaca"que dantes me punha a imaginar...
Agora passeio nas ruas e caminhos da "vila".
Anteontem,ainda corria pela aldeia que me fazia sonhar...
Amanhã passarei junto ao rio, para novamente a poder recordar...

O Mar...da Cova.

O Mar...da Cova.
Praia da cova...teu mar é imenso,tem muitas estórias para contar.Quando era criança quis alcançar o teu fim...nos meus pensamentos.O teu horizonte era a minha amante longínqua...As dunas a cama aonde um dia me iria deitar contigo...

Que dia é hoje?

Só existem dois dias no ano,em que nada se deve fazer.
Um chama-se ontem,e o outro amanhã.
Por isso hoje é o dia para amar,crer,fazer e principalmente viver...

Ponte dos Arcos...na Gala

Ponte dos Arcos...na Gala
Velha Ponte dos Arcos...Ponte da minha infãncia.Tua vida chegou ao fim...mas a tua imagem ficará sempre em mim.Olhas o rio,como quem olha o espelho da vida.Já viste alguém nascer...quem sabe!Não evitas-te que junto a ti alguém morresse.

Praia da Cova...

Praia da Cova...
O perfume do teu mar...é o presente,foi o passado e será o futuro da minha existência...